DELIM GÁS

DELIM GÁS

30 de abril de 2011

Casamento Real

Pippa Middelton, irmã de Kate Middleton chega à abadia de Westminster
A rainha Elizabeth II chega à abadia de Westminster para o casamento de seu neto, o príncipe William
Kate Middleton acena para o público ao chegar à abadia de Westminster
A rainha Elizabeth II chega à abadia de Westminster para o casamento de seu neto, o príncipe William
Os príncipes William e Harry chegam à abadia de Westminster
Carole Middleton, mãe de Kate Middleton chega à abadia de Westminster para o casamento real
Os príncipes William e Harry chegam à abadia de Westminster
Os príncipes William e Harry chegam à abadia de Westminster
Multidão vai à rua celebrar do casamento do príncipe William e Kate Middleton na abadia de Westminster
Folha

Casamento Real

Príncipe William coloca aliança em Kate Middleton durante cerimônia de casamento na abadia de Westminster
Kate Middleton é 'entregue' ao príncipe William na abadia de Westminster
Os príncipes britânicos Philip e Charles e a duquesa de Cornwall, Camilla, durante o casamento do príncipe William e Kate Middleton
O cantor Elton John e seu parceiro David Furnish aguardam o início do casamento na abadia de Westminster
O príncipe Charles e a duquesa de Cornwall, seguidos da rainha da Inglaterra, Elizabeth II e o duque de Edinburgo entram na abadia de Westminste
Kate Middleton chega ao tapete vermelho da abadia de Westminster
Kate Middleton chega ao tapete vermelho da abadia de Westminster
Kate Middleton é recebida na abadia de Westminstar com seu pai, Michael, e sua irmã, Pippa
Convidados se preparam para início do casamento na abadia de Westminster
Detalhe do vestido de Kate Middleton ao chegar à abadia de Westminster
Folha

Casamento Real

Príncipe William e Kate Middleton acenam para multidão na saída da abadia de Westminster
Kate Middleton e o príncipe William durante ida para o palácio de Buckingham na carruagem real
O príncipe William e Kate se beijam na sacada do palácio
Príncipe William e Kate Middleton deixam a abadia de Westminster acompanhados do príncipe Harry e Pippa Middleton, irmã de Kate
Príncipe William e Kate Middleton deixam a abadia de Westminster após cerimônia de casamento
Príncipe William e Kate Middleton, agora duquesa de Cambridge, deixam a abadia de Westminster após o casamento
Príncipe William e Kate Middleton deixam abadia de Westminster acompanhada da irmã de Kate, Pippa Middleton
Rainha Elizabeth II, príncipe Philip e príncipe Charles cantam durante missa de celebração do casamento do príncipe William e Kate Middleton
Os príncipes Harry e William, Kate Middleton e seu pai, Michael Middleton, no altar da abadia de Westminster durante o casamento
Kate Middleton e o príncipe William durante a cerimônia de casamento na abadia de Westminster
Folha

Casamento Real

Kate, a duquesa de Cambridge, deixa a Clarence House, em Londres, a caminho do palácio de Buckingham
Kate, duquesa de Cambridge, acompanhada de Camilla, duquesa da Cornualha (dir.), deixa a Clarence House a caminho do palácio de Buckingham
O príncipe William (à esq.) e o príncipe Charles, acompanhados por Kate e Camilla, deixam a Clarence House, em Londres
Príncipe William ajuda sua mulher, Kate, a descer de carruagem no palácio de Buckingam
Pessoas se juntam em frente ao palácio de Buckinghan para ver o príncipe William e Kate Middleton
William e Kate deixam Palácio de Buckingham e vão descansar na casa do príncipe
Príncipe Harry acena para pessoas durante ida para o palácio de Buckinghan
Kate e o príncipe William deixam sacada do palácio de Buckingham após tão esperado beijo
Rainha Elizabeth II e o príncipe Philip deixam a abadia de Westminster em carruagem
Folha

29 de abril de 2011

Governadora prestigia abertura do Fórum do Esporte Norte-riograndense

Fórum do Esporte Norte-riograndense reuniu durante a manhã desta segunda-feira (29) atletas, professores, alunos de educação física e prefeitos de vários municípios do Estado, auditório da Universidade Potiguar - UNP. O objetivo do encontro foi discutir uma política de estado para o esporte. O Fórum é uma realização do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Esporte e do Lazer (SEEL).

A proposta é que o evento seja permanente e duas novas reuniões estão agendadas, uma para dia 27 de maio, quando serão discutidas Gestão e Marketing e a Lei de Incentivo ao Esporte, que será realizada no auditório da Fiern; e dia 17 de junho, também na Fiern, quando serão debatidos Megas Eventos Esportivos - Estratégias para o Desenvolvimento.
  
Nesta primeira edição, o Fórum contou com a presença de representantes do Ministério do Esporte, que fizeram a explanação do tema: Uma Nova Política Esportiva Brasileira e o Plano Decenal.

Governo do RN


Rosalba Ciarlini participa do lançamento do Telemedicina Cardiológica

 
Governadora ressalta que o Estado é o único no Brasil onde o tele-eletrocardiograma está implantado
 
O lançamento oficial do programa Telemedicina Cardiológica aconteceu na manhã desta sexta-feira (29), na sede da Associação Médica do RN. O Estado é o único no Brasil onde o tele-eletrocardiograma está implantado, atendendo todos os municípios.

O programa tem como objetivo realizar diagnósticos cardiológicos com apoio à distância. O sistema funciona de maneira simples, uma vez que os procedimentos clínicos básicos com um paciente com suspeita de cardiopatia são realizados nos próprios municípios. Segundo informações do presidente da Associação Médica, Álvaro Barros, o RN dispõe de mais de 21 mil aparelhos de eletrocardioagrama, espalhados pelos 167 municípios do Estado. Na unidade de saúde do município, o médico de qualquer especialidade clínica realiza o exame eletrocardiograma (ECG) e os dados são enviados em tempo real via internet ou por telefone através de um serviço de 0800.

Na Central de Telemedicina (CTM), ao analisar os exames recebidos em tempo real por um especialista, se constatado qualquer problema relacionado ao coração, imediatamente o cardiologista discute o caso com o médico generalista na cidade e o orienta sobre o tratamento adequado. Se for caso de ser encaminhado para outra unidade, o paciente já chega direto no hospital e é logo atendido sem burocracia. A grande vantagem do sistema da Telemedicina implica no fato de existir uma equipe médica cardiológica altamente capacitada com plantão de 24 horas que poderá proporcionar as informações necessárias em caso de urgência cardiológica.

A implantação do Programa Telemedicina Cardiológica foi uma iniciativa da Associação Médica do RN, que recebeu total apoio do Governo do Estado, por se tratar de uma política pública de saúde. "A Telemedicina leva à população a oportunidade de agilizar o diagnóstico a um custo muito baixo", disse Álvaro Barros. Ele agradeceu o apoio que recebeu da Governadora. "O Rio Grande do Norte é o primeiro Estado que faz parceria com uma entidade de classe. Graças à visão futurista da Governadora, o RN é o único estado que adotou este sistema como política pública e levou para todos os municípios. Este vai ser um grande marco da sua administração, Governadora", concluiu o presidente da Associação Médica.

 "Com este sistema, estamos ajudando a fixar o médico no interior, uma vez que a Telemedicina oferece melhor condições de trabalho. O atendimento esta sendo feito onde o paciente mora. Estamos humanizando o atendimento com a ajuda da tecnologia", lembrou o secretário de Estado da Saúde, Domício Arruda.

 Já a governadora Rosalba Ciarlini disse que representa a Telemedicina representa "inovação, modernidade, agilidade e auxílio aos médicos". "Estamos com uma ferramenta que ajuda a salvar vidas e a descongestionar a rede hospitalar. Tudo isso com custo zero para os municípios. Quero ampliar esse programa para as mais diversas áreas da medicina", disse a Governadora. Rosalba lembrou que quando era Senadora, fez uma Emenda que tinha a proposta de destinar parte dos recursos de pré-sal para a saúde.

A solenidade de lançamento oficial da Telemedicina Cardiológica contou também com a presença do senador Paulo Davin, do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Mota, do deputado estadual Leonardo Nogueira, entre outras autoridades
 
 
Assecom

Quadro de dicas de Língua Inglesa "Estudar sozinho, como?"

Esta dica, naturalmente é destinada a quem não freqüenta cursos de língua Inglesa, conhecidos como auto-didatas.

Primeiro, você está sozinho, graças aos recursos da internet, pois bem para começar vou passar uma série de dicas importantes para auto-didatas, mas também quem freqüenta cursos ou já estudou fora, mas ainda não fala fluentemente.
·         Ouça músicas em Inglês, uma canção pode te ensinar muito (principalmente a memorizar), filmes, documentários, etc.
·         Faça composições, você pode descrever seu dia-a-dia, fale sobre coisa que você faz, (habilidades), seu trabalho, etc.
·         Pegue um pedaço de papel e escreva o nome deles em inglês e fixe-os, isto ajuda a memorizar e você vai construir seu próprio vocabulário.
·         Organize um grupo e estabeleça metas, pratique pelo menos uma hora por semana.
·         Se possível mantenha contatos com nativos no idioma.
·         Use Skype (programa similar a MSN, onde você pode conversar gratutitamente), Use as redes sociais, Facebook, Twitter, YouTube, sites e blogs em Inglês, semanalmente passarei alguns blogs interessantes para vocês.
·         Fale sem medo de errar, para iniciantes os erros são inevitáveis, como também as correções, aceite-as de bom grado.
·         Contextualize e nunca traduza ao pé da letra.
·         Não traduza nada em Google, isso vai confundir sua cabeça, seja criativo, mesmo que sua tradução tenha erros, mas com o tempo você descobrirá os significados e os empregará de maneira correta.
·         Pensar em Inglês, na verdade é um problema comum no mundo inteiro se pensar na língua materna para falar uma segunda língua, aqui a Língua Inglesa, com o tempo você se acostuma.
·         Entretanto, se você freqüenta um curso ou tem professor particular não se limite apenas as aulas e faça um self-studying (Estudo em casa, internet, etc), também viaje e faça um bom intercâmbio, mas lembre-se curso nenhum fará milagres se você não se interessar.

Por hoje é só, amigos e até a próxima dica.


Carlos Dantas, moderador do blog Tour Guide.  

Fátima Bezerra garante recursos para urbanização da entrada de Carnaúba dos Dantas

Vereador José Adenilson (PT), prefeito Boboca e Adriano Gadelha
Acompanhado do Vereador José Adenilson (PT), o prefeito Alexandre Dantas (Boboca) entregou ao assessor especial da deputada Fátima Bezerra (PT) Adriano Gadelha, o projeto de urbanização da entrada da  cidade de Carnaúba dos Dantas, uma importante obra que embelezará ainda mais a sede do município. 

Bastante receptivo, Adriano sugeriu mudanças no projeto que pudessem se adequar as exigências do governo federal o que deverão ser feitas pela equipe técnica da prefeitura.

Agora, o projeto será encaminhado à Brasília para ser apresentado na forma de emenda parlamentar de autoria da referida deputada petista.

Satisfeito, Alexandre Dantas comentou do esforço e do carinho que a deputada Fátima Bezerra sempre teve para com o município de Carnaúba dos Dantas. "A deputada nos ajudou na construção da Praça dos Idosos, cobertura da quadra do Povoado Ermo e, agora, nos ajudará também na urbanização da entrada da cidade" frisou o prefeito.

As obras e projetos de autoria da deputada Fátima em Carnaúba dos Dantas contaram com o apoio do PT local.


Por Tota de Aristóteles

Aprovada proibição de venda de tinta spray a menores de 18 anos

Proposta, que segue para sanção presidencial, também descriminaliza o grafite previamente autorizado
Pichação
Pichação continua sendo crime, punível com até um ano de detenção.

O Plenário aprovou nesta quinta-feira o Projeto de Lei 706/07, do deputado licenciado Magela (PT-DF), que proíbe a venda de tinta em embalagem spray para menores de 18 anos e descriminaliza a prática de grafite, desde que tenha sido previamente autorizada. Já aprovada pelo Senado, a proposta será enviada à Presidência da República, para sanção.

Conforme a Lei de Crimes Ambientais (9.605/98), atualmente em vigor, pichar e grafitar são crimes equivalentes, puníveis com pena de detenção de três meses a um ano e multa.

De acordo com o texto aprovado, que altera essa lei, “não constitui crime a prática de grafite realizada com o objetivo de valorizar o patrimônio público ou privado mediante manifestação artística, desde que consentida pelo proprietário e, quando couber, pelo locatário ou arrendatário do bem privado e, no caso de bem público, com a autorização do órgão competente e a observância das posturas municipais e das normas editadas pelos órgãos governamentais responsáveis pela preservação e conservação do patrimônio histórico e artístico nacional”.

Ainda conforme a proposta, as embalagens de tinta spray deverão trazer o seguinte alerta: "Pichação é crime (artigo 65 da Lei Federal 9.605/98). Proibida a venda a menores de 18 anos". A proposta determina ainda que, no ato da compra, o adulto deverá apresentar documento que permita sua identificação na nota fiscal.

As penas para o vendedor ou fabricante que descumprir a nova lei são as mesmas previstas na Lei de Crimes Ambientais: multa simples, multa diária, destruição ou inutilização do produto sem o aviso no rótulo e suspensão de sua venda e fabricação.

Se for sancionada pela presidente Dilma Rousseff, a nova lei terá aplicação imediata – ou seja, não depende de regulamentação.

Agência Câmara

Fábio Faria sugere a simplificação do processo de importação para doações vindas do exterior

Tendo em vista a dificuldade encontrada por pessoas que moram no exterior para enviar doações ao país em períodos de tragédia, como no caso das enchentes que assolaram o Rio de Janeiro e Estados do Nordeste no início de 2011, o deputado federal Fábio Faria apresentou requerimento sugerindo ao Poder Executivo a simplificação da importação de mercadorias doadas destinadas às vitimas de calamidade pública no Brasil.

“O objetivo é simplificar a legislação que regula os procedimentos, de forma a viabilizar doações rápidas, em sintonia com a natureza emergencial de tais eventos”, ressalta Fábio Faria, que apresentou a indicação após o contato de uma internauta brasileira que atualmente mora em Miami.

“Temos a intenção de que as dificuldades que tivemos em enviar quase 60 toneladas de doações arrecadadas aqui nos Estados Unidos para ajudar as vítimas da Região Serrana do Rio de Janeiro cheguem ao conhecimento das autoridades brasileiras, e com isso talvez possamos juntos tentar mudar essas leis, que a meu ver não fazem sentido, principalmente quando se é decretado estado de calamidade”, desabafou Denise Schneider no email enviado a Fábio Faria. E ela acrescentou: “É lastimável que todo nosso trabalho e esforço em prestar ajuda aos nossos conterrâneos tenham sido frustrados devido à burocracia no Brasil”.

Segundo o documento apresentado pelo parlamentar, a grande burocracia exigida pela Secretaria de Comércio Exterior e também pela Receita Federal para a importação dessas doações acaba impedindo que esses produtos cheguem, em tempo hábil, aos que tanto precisam de ajuda em momentos de dificuldade causados principalmente pelos desastres climáticos, que têm se tornado cada vez mais frequentes no país. 

__________
Assessoria de Imprensa Dep. Fábio Faria
Deyse Moura

Deputado Ezequiel Ferreira: “O Rio Grande do Norte quer Parques e Centros Eólicos”

O deputado estadual Ezequiel Ferreira de Souza (PTB), usou a tribuna da Assembleia Legislativa para falar sobre a energia eólica e o desenvolvimento que trará para o Rio Grande do Norte. “Na verdade a construção do futuro energeticamente limpo já começou e tem que ser dramaticamente acelerado. É a hora do Rio Grande do Norte... A utilização da energia eólica comporta numerosas vantagens ante as energias tradicionais e mesmo em comparação com outros tipos de energias renováveis”, frisou.

Enumerando as vantagens para o Estado, Ezequiel disse que reduz a dependência energética do exterior e adapta­se ao protocolo de Quioto. A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou os seguintes centros e parques eólicos no Rio Grande do Norte: Parque Eólico de Guamaré I e II, Parque Eólico de Jurema, Parque Eólico de Três Irmãos, Parque Eólico de São Bento do Norte, Parque Eólico de Pititinga e Parque Eólico de Santana; aprovou ainda a Central Eólica de Alegria I e II.

“O Rio Grande do Norte não quer Usinas Atômicas em seu território e nem tão pouco o meu país, na imitação dos EUA com 104 reatores, França com 59 e Japão 54 reatores. Basta os dois, Angra I e II e o terceiro em conclusão, Angra III. O Rio Grande do Norte quer Parques e Centros Eólicos. Quer energia limpa, quer progresso; mas, para isto precisa turbinar os governos federal, estadual e municipal, já, agora, por um futuro promissor”, argumentou Ezequiel.

Assessoria

Agenda da governadora prevê participação no lançamento do Projeto de Telemedicina no RN

 
HOJE
9h - Local: Associação Médica do RN, Av. Hermes da Fonseca, nº 1396, Tirol, Natal/RN.
A governadora Rosalba Ciarlini participa do lançamento do Projeto de Telemedicina do RN.
10h - Local: Auditório da UNP, Av. Eng. Roberto Freire, Capim Macio. Natal/RN
A governadora Rosalba Ciarlini participa do Fórum do Esporte Norte Riograndense. Tema: "Uma nova visão da política esportiva brasileira e o plano decenal".
15h - Local: Centro Administrativo
A governadora Rosalba Ciarlini tem reuniões administrativas de rotina com secretários de estado.
 
Governo do RN

Governo conclui processos de extinção de escolas inativas

O Governo do Rio Grande do Norte publicou no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (27), o ato de extinção de sete escolas estaduais, medida que tem como objetivo tirar do cadastro do censo escolar e da Receita Federal o CNPJ de escolas que, embora inativas há vários anos, continuavam constando nos registros.

De acordo com a subcoordenadora de inspeção escolar da Secretaria de Estado da Educação e Cultura - Seec, Auxiliadora Albano, ainda há no estado outras escolas inativas que também necessitam da publicação do ato de extinção no DOE. Levantamento feito pela Seec mostra que outros 76 processos aguardam a publicação para encerramento do CNPJ.

Segundo Auxiliadora Albano a publicação no DOE é a finalização dos processos de extinção. "Temos escolas aparecendo no censo escolar como ‘paralisadas' desde 1995, 1996, 2001. Como o ato de extinção nunca foi publicado, a Seec continuava prestando contas à Receita Federal e ao Ministério de Educação", disse.

A maioria das escolas que aguardam a extinção oficial está classificada como "escola isolada". "São escolas localizadas nas zonas rurais e que muitas vezes tinham a estrutura composta de apenas uma sala de aula, geralmente vizinha à casa do professor. Algumas dessas escolas foram criadas há décadas, algumas ainda nos anos 50; atualmente não há demanda que justifique a sua continuidade e alunos e professores serão transferidos para outras escolas das proximidades", explicou Auxiliadora.

Quando acontece a extinção das escolas os prédios têm os contratos encerrados, se forme alugados, ou são devolvidos, nos casos de cessão por outra instituição. No caso de prédios da própria Secretaria, esses podem ser utilizados para outras demandas da Seec e cedidos para outros órgãos do Governo ou municípios.

A subcoordenadora também esclareceu que todas as medidas referentes à extinção das escolas foram acompanhadas pelo Ministério Público através da promotora Carla Amico. Quanto aos alunos e professores de algumas escolas que serão extintas, como o caso da Vigário Bartolomeu, com 170 alunos, Auxiliadora Albano explicou que o fechamento não trará prejuízos por que eles serão absorvidos por outras escolas. "Só há o fechamento quando todos estão acomodados", frisou a subcoordenadora.

28 de abril de 2011

Rosalba lança diagnósticos cardiológicos com apoio à distância em todo RN

O Rio Grande do Norte é o único Estado da União onde a Telemedicina para cardiologia (tele-eletrocardiograma) é uma política de Estado. A governadora do Estado do RN, Rosalba Ciarlini, participa do lançamento do sistema nesta sexta-feira (29), às 9h, na sede da Associação Médica do RN, AMRN, no bairro Tirol, em Natal, entidade pública e sem fins lucrativos, parceira do sistema com a Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap-RN).

O funcionamento é simples. São feitos os procedimentos clínicos básicos nos municípios com um paciente com suspeita de cardiopatia. O equipamento faz o eletrocardiograma que é enviado em tempo real via internet. Na Central de Telemedicina (CTM), ao analisar os exames recebidos em tempo real por um especialista, se constatado qualquer problema relacionado ao coração, imediatamente o cardiologista discute o caso com o médico generalista na cidade e o orienta sobre o tratamento adequado. Se for caso de ser encaminhado para outra unidade, o paciente já chega direto no hospital, e é logo atendido sem burocracia.

O serviço já está em operação e tem cobertura em todos os municípios do RN. Não se trata de um simples eletrocardiograma (ECG). É um sistema com um cardiologista nas 24h do dia, através de um serviço de 0800 para oferecer suporte ao diagnóstico e tratamento aplicado pelo médico generalista, que está na ponta do atendimento nas unidades básicas de saúde, diante de um paciente com cardiopatia.

Essa estrutura garante que exames de eletrocardiograma (ECG) realizados nos Postos de Saúde que não dispõem de médicos especializados, sejam encaminhados para a Central da Telemedicina (CTM) que responderá em questão de minutos, com seus respectivos laudos.

O sistema ameniza a carência na prestação do serviço de cardiologia no RN, por contar com um cardiologista de plantão na Central de Telemedicina, CTM, que envia os resultados dos exames dentro de, no máximo, 15 minutos, via fax ou e-mail, juntamente com laudo do ECG. Além disso, os exames ficam gravados em um servidor no CTM, desse modo, ao ser repetido o ECG, poderá ser feita uma comparação com o diagnóstico que foi dado anteriormente e realizar com eficiência o acompanhamento do paciente.

O atendimento consiste na utilização de tecnologias da informação e comunicação para transmitir exames e, principalmente, para permitir a troca de informações entre o médico do município, com um especialista que pode tirar dúvidas e auxiliar no atendimento ao paciente.

Outro ponto positivo do serviço é que ele possibilita auxílio no diagnóstico do paciente com cardiopatia, sem a necessidade de deslocamento para outros centros de saúde. Ou seja, acaba a "ambulancioterapia" de um município para outro, pois o diagnóstico será dado em minutos e os procedimentos já começam no próprio município.

Outro benefício do serviço é que todas as informações são arquivadas em bancos de dados com total confidencialidade, segurança, integridade e acessibilidade. Isso irá evitar a repetição desnecessária de exames e vai facilitar a obtenção de estatísticas, dando uma maior transparência na contabilização de serviços prestados.

Governo do RN