DELIM GÁS

DELIM GÁS

6 de agosto de 2015

Prefeitos lotam Mobilização Permanente e preparam ato para pedir respeito aos Municípios

Teve início a primeira Mobilização Permanente do ano, em Brasília. O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Glademir Aroldi, agradeceu aos prefeitos e demais gestores que lotam o auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados. Ele confirmou que a CNM e as entidades estaduais serão recebidos pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o vice-presidente da República, Michel Temer.

Segundo Aroldi, o tema da reunião com Temer são os Restos a Pagar e a transferência feita pela metade do repasse extra do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). "Isso não resolve nosso problema, mas é uma questão de honra com o municipalismo brasileiro. Não é possível que o acordo firmado pelo governo seja descumprido", ponderou o presidente da CNM.
Para ele, este é ponto pacífico. "Se precisar mobilizar setembro, outubro, novembro e dezembro, nós vamos estar aqui. Até porque está Mobilização é permanente. Nós estamos unidos e não vamos arredar o pé. Nós vamos dizer que não conseguimos mais manter os serviços essenciais dos nossos Municípios. Vamos parar até sermos ouvidos. E se for preciso vamos sim entregar programa federal pro governo", completou Aroldi.
Pacto Federativo
A reforma do pacto federativo também será cobrada nesta Mobilização. Aroldi lembrou que inúmeras propostas foram acatadas nas comissões especiais da Câmara e do Senado. "Hoje vamos monitorar isso", reforçou.


Os participantes devem sair em protesto para a Praça dos Três Poderes, por volta das 11 horas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário