DELIM GÁS

DELIM GÁS

27 de agosto de 2015

Presidenta Dilma entrega moradias a 10 mil pessoas em quatro municípios paulistas

A presidenta Dilma Rousseff participou, nesta terça-feira (25), em Catanduva, interior paulista, da entrega simultânea de 2.555 novas moradias construídas por meio do Programa Minha Casa Minha Vida. Também serão entregues empreendimentos em Araraquara, Araras e Mauá. No total, mais de 10 mil pessoas serão beneficiadas, todas com renda de até R$ 1,6 mil. No total, foram investidos R$ 211 milhões para a construção das casas.

Só no município de Catanduva serão 1.237 novas unidades, localizadas no Residencial Nova Catanduva I. Em Araraquara, serão 754 unidades do Parque Residencial Valle Verde. Em Araras, 448 famílias serão contempladas com casas no Conjunto Residencial Prefeito Professor Jair Della Colleta. Em Mauá, 116 unidades serão entregues no Conjunto Mauá I.

Maior programa de habitação da história
Para o vice-presidente de Habitação da Caixa, Teotonio Rezende, o Minha Casa Minha Vida é o maior programa de habitação da história do País, e já garantiu moradia a mais de 9,4 milhões de pessoas. “O Minha Casa Minha Vida atende a um segmento que em condições normais não teria condições de ter a casa própria”, afirma.
Para o prefeito de Catanduva, Geraldo Vinholi, o programa garante moradia digna e estimula a economia local. “Aqui em Catanduva, o preço médio do aluguel gira em torno de R$580. A partir de agora, com as prestações do Minha Casa Minha Vida entre R$ 25 e R$80, cada morador tem em média R$500 sobrando para injetar na economia local, o que gera um movimento estimado em R$ 7 milhões por ano no comércio da cidade, além da questão da geração de emprego. Só temos a comemorar”, diz Geraldo Vinholi.

Total no Brasil
Desde 2009, quando o programa foi criado, o Minha Casa Minha Vida já beneficiou a 9,2 milhões de pessoas com as 2,3 milhões de casas entregues. Outras 1,7 milhões estão contratadas e devem ser entregues até o fim de 2016. Mais de R$ 270 bilhões já foram investidos por meio do programa. Devido a sucesso das fases 1 e 2, o governo lança, no próximo dia 10 de setembro, a terceira fase, que contratará mais 3 milhões de moradias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário