DELIM GÁS

DELIM GÁS

12 de setembro de 2015

A crise contada pelos prefeitos: cortes de despesas prejudicam a população em Santa Catarina

Na série de entrevistas concedidas à Agência CNM sobre a atual crise econômica, o vice-presidente da Federação Catarinense de Municípios (Fecam), Hugo Lembeck, lamentou o fato de cortes nas despesas prejudicarem a população de Santa Catarina. Hugo também é tesoureiro da Confederação Nacional de Municípios (CNM).
"Em Santa Catarina a situação é preocupante como nos demais Estados da Federação. Já começaram algumas demissões e redução de gastos em todos os níveis. Isso acaba comprometendo diretamente o atendimento da população. E essa é nossa preocupação", explica o gestor.
De acordo com Hugo Lembeck, o cenário atual se agrava por conta do final do ano. "Estamos nos encaminhando para o final do ano e temos as contas para fechar, mas a realidade financeira tem nos obrigado a cortar gastos e diminuir despesas e, como já disse, isso prejudica a população."
"Pior era"
Apesar de ser considerado um Estado rico, Santa Catarina passa por dificuldades financeiras assim como os outros, assegura o representante da Fecam, que também foi presidente da entidade em 2014. "A crise está ai, ela veio forte. Os Municípios estão sofrendo muito e Santa Catarina não é diferente. Estamos pagando um preço desgostoso pela situação crítica pelo que vive nosso país em termos financeiros. Atravessando a pior fase da nossa era de prefeito", concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário