DELIM GÁS

DELIM GÁS

21 de setembro de 2015

Governador assina Decreto que institui o Censo Cadastral Previdenciário

O governador Robinson Faria assinou na manhã de hoje (21) o Decreto para realização do Censo Cadastral Previdenciário do Rio Grande do Norte, que abrangerá não só os ativos, inativos e pensionistas do Executivo como também do Legislativo e Judiciário. A coleta desses dados será feita numa parceria com o Ministério da Previdência e o Rio Grande do Norte é o primeiro estado a realizar o Censo. A Previdência tem realizado esse trabalho em algumas capitais e, agora, parte para os Estados, o próximo será o Piauí.
"O Censo Previdenciário é fundamental para mantermos nossos dados atualizados e, dessa forma, fazermos um planejamento realista no nosso Estado. Sem contar que esse trabalho também vai colaborar com a Previdência, já que as informações também serão repassadas para aquele órgão federal”, disse o governador no ato da assinatura do Decreto, que também foi assinado pelo titular da Secretaria de Administração e dos Recursos Humanos, Marcelo Marcony Leal.
No último Censo Previdenciário no Estado, ocorrido em 2012, o recadastramento foi feito de maneira digital. Nesse atual, será obrigatória a presença dos ativos, inativos e pensionistas. A previsão de início será para o dia 25 de outubro, com término previsto para 13 de março de 2016. Todas as informações recolhidas serão guardadas num banco de dados, através do aplicativo Siprev, e encaminhadas para o Ministério da Previdência. Esse trabalho já foi realizado em capitais como Porto Alegre (RS); Belo Horizonte (MG) e cidades como Londrina (PR).
O Ministério da Previdência escolheu o Rio Grande do Norte como estado piloto para o Censo e destinou R$ 3 milhões para os quase seis meses de trabalho. Como contrapartida o Governo do Estado disponibilizará o espaço físico para o atendimento aos funcionários da ativa e aposentados. Está sendo montada também uma Comissão Mista do Censo que contempla o Executivo, Assembleia Legislativa; Tribunal de Justiça; Ministério Público; Tribunal de Contas do Estado; Defensoria Pública e UERN.
Participaram também da assinatura do Decreto, José Marlúcio Diógenes de Paiva, presidente do Instituto de Previdência do Rio Grande do Norte (IPERN) e a subsecretária de Recursos Humanos, Flávia Lisboa, bem como o executivo da Webtech, Júlio Minoru, contratado do Ministério da Previdência para realização do Censo em todo o Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário