DELIM GÁS

DELIM GÁS

11 de outubro de 2015

Governador ressalta conquistas na agricultura durante abertura da 53ª Festa do Boi

Os avanços na área agropecuária foram os pontos destacados pelo governador Robinson Faria durante a abertura da 53ª Festa do Boi, uma das maiores feiras do seguimento no Brasil. O evento ocorreu na noite deste sábado (10) no Parque de Exposições Aristófanes Fernandes, em Parnamirim. A feira transcorrerá até o próximo sábado (17), com expectativa de público de 500 mil pessoas, estimativa de R$ 150 milhões de movimentação financeira e cinco mil empregos temporários durante o período da feira.  Na edição 2015, a Festa do Boi agrega 200 expositores e cinco mil animais em exposição, trazendo a melhor genética do país.

Dentre as conquistas ressaltadas pelo chefe do Executivo estadual estão ações de enfrentamento aos efeitos da seca como, por exemplo, a aplicação de R$ 100 milhões para perfuração de poços, construção de 600 barragens submersas, retomada das obras das adutoras do Alto Oeste e de Carnaúba dos Dantas, além da garantia das contrapartidas para as obras da Barragem de Oiticica. Outro ponto foi a efetiva fiscalização para manter o rebanho potiguar protegido contra a febre aftosa.


Robinson Faria destacou ainda as ações da Agência de Fomento (AGN), que apoia o agronegócio com a disponibilidade de crédito e linhas de financiamento, possibilitando o investimento em obras, aquisição de máquinas, equipamentos, permitindo o capital de giro para aquisição de animais e financiamentos extensivos a toda cadeia produtiva. A AGN disponibilizará recursos próprios do capital para financiar pequenos investimentos e carência de até seis meses com baixos juros.

O secretário de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca destacou que a abertura da feira é um momento de celebração, apesar da seca, em virtude da atitude de um governo "que pensa de forma ágil e resolutiva”. Haroldo Abuana falou de iniciativas como a concessão de títulos de terra para trabalhadores rurais do Baixo Açu, um impasse que já durava 25 anos, a equalização do preço do óleo diesel para embarcações pesqueiras, a sanção da lei que garante segurança jurídica aos carcinicultores, o esforço para remodelar e implantar o novo Programa do Leite, a garantia do Plano Safra e a distribuição de 466 toneladas de sementes para produtores de 137 municípios potiguares, um investimento de R$ 4,3 milhões.

O governador Robinson Faria fez um balanço das ações e atribuiu as melhorias a um compromisso assumido enquanto ainda era candidato ao governo do Estado. “As ações que desenvolvemos ao longo de 2015 demonstram que fizemos a opção correta quando designamos técnicos para assumir a SAPE, a Emparn, Emater, Ceasa, Idiarn, entre outras. Esse foi um compromisso que assumi com os potiguares e que cumpri imediatamente, possibilitando um governo técnico e que valoriza sobretudo a cadeia produtiva.

Participaram do evento secretários de Estado, diretores e presidentes das indiretas, autoridades políticas de Natal e Parnamirim, além de representantes e presidentes de entidades de classe.

Novidades para 2016
Durante a abertura, o governador lançou o Circuito Estadual de Exposições Agropecuárias de 2016 com uma novidade: serão 17 feiras durante o ano, três a mais do que 2015. As cidades de Umarizal, Governador Dix-Sept Rosado e Passa e Fica passam a integrar o circuito. Em 2015, o Governo do RN investiu R$ 1 milhão para a realização dos eventos, com expectativa de gerar, contando com a Festa do Boi, R$ 200 milhões em negócios.

Ceres
Além da abertura da Festa do Boi e do lançamento do Calendário de Exposições, também foi lançado na oportunidade o Ceres, aplicativo que reúne todas as informações sobre o agronegócio do Rio Grande do Norte para subsidiar produtores, criadores, agricultores e informar a população com ainda mais transparência.

O Ceres faz parte de um conjunto de ferramentas idealizadas para auxiliar a gestão da Sape e suas vinculadas – Emater, Emparn e Ceasa – e tem sua base fundamentada na modernização da gestão pública. De acordo com o secretário da SAPE, Haroldo Abuana, o objetivo " é abrir um canal de comunicação entre a sociedade e os responsáveis pelo agronegócio do RN, além de prover transparência nas ações desenvolvidas pela secretaria e suas vinculadas”.

Palma para o RN
O governador também adiantou que na próxima quarta-feira (14) será lançado o projeto “Palma para o RN”, um programa de validação da tecnologia do plantio de palma adensada e irrigada com a instalação de 22 campos de unidades demonstrativas no estado, com 28 hectares de área para multiplicação de raquetes dentro das Estações Experimentais da Emparn.

Nenhum comentário:

Postar um comentário