DELIM GÁS

DELIM GÁS

5 de novembro de 2015

Fátima convida para sessão solene em homenagem a Djalma Maranhão

Por iniciativa da senadora Fátima Bezerra (PT-RN), o Congresso vai homenagear, em sessão solene no próximo dia 16, Djalma Maranhão, primeiro prefeito de Natal eleito pelo voto popular e considerado ainda nos dias de hoje, segundo a parlamentar, o gestor mais progressista da história de Natal, especialmente por ter revolucionado a área de educação da cidade. A homenagem ocorre no mês em que Djalma Maranhão, morto em 1971, aos 55 anos, completaria 100 anos.

Clique AQUI para acompanhar o evento no Facebook.

“Quando se almeja ensinar alguém a juntar letras e com elas formar sílabas, palavras e frases, ensina-se principalmente a concatenar ideias, construir pensamentos e formar caráter – e foi isso que marcou a gestão de Djalma e que o tornou um dos prefeitos mais amados dos potiguares.

Fátima lembrou que quando Djalma Maranhão tomou posse, em 1960, a cidade contava com apenas 10 grupos escolares e mais de 30 mil analfabetos em uma população de 160 mil pessoas. A partir da parceria com educadores como Moacyr de Góes e Paulo Freire, foi lançada, então, a campanha “De pé no chão também se aprende a ler”, responsável por levar educação a qualquer parte de Natal onde houvesse um analfabeto, como destacou a senadora.

“A infraestrutura precária não foi impedimento para que milhares de pessoas tivessem acesso à alfabetização que, para além do abecedário, fomentava a reflexão social, como pode se ver nas páginas da cartilha, inclusive pela escolha das palavras e frases abordadas”, enfatizou a senadora. Tão relevante a transformação social promovida na cidade a partir da campanha que a senadora propôs que a gráfica do Senado reeditasse a cartilha. Também será reeditado o livro “Lendo e aprendendo, a campanha de pé no chão”, de autoria de José Willington Germano, professor da Universidade do Rio Grande do Norte.

Para a homenagem, estão sendo esperados, além do professor Willington e da filha do político, Ana Maria Maranhão Fagundes, autoridades e parlamentares do Rio Grande do Norte, reitores de instituições de ensino superior do estado e representantes de organizações civis ligadas à educação, entre outros.

A sessão solene está marcada para ter início às 9h, no Plenário do Senado. Na ocasião, o cantor potiguar Fernando Tovar cantará músicas em homenagem a Djalma Maranhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário