DELIM GÁS

DELIM GÁS

10 de julho de 2016

Na 19ª Exponovos, governador entrega kits do Compra Direta e anuncia recorde de vacinação contra aftosa

Centenas de produtores rurais de dez cidades do Seridó foram beneficiados nesta sexta-feira (8) durante a abertura da 19ª edição da Exponovos, feira agropecuária de Currais Novos. No evento, o governador Robinson Faria entregou simbolicamente os kits do Projeto de Apoio e Modernização das Centrais do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA-Compra Direta), para representantes das cidades de Acari, Bodó, Cerro Corá, Cruzeta, Florânia, Lagoa Nova, Santana do Matos, São Vicente, Tenente Laurentino Cruz e Currais Novos.

Os kits são compostos por duas balanças com cargas máximas de 30 quilos e de 300 quilos, um computador com impressora, freezer, pallets e um veículo utilitário do tipo Saveiro. Os produtos são essenciais para o processo de atualização por que passam as Centrais de Programa, que funcionam da seguinte forma: a produção dos agricultores familiares é adquirida pelo Governo que repassa os alimentos para instituições filantrópicas e escolas, por exemplo, promovendo a inclusão sócio-produtiva no campo.

A triangulação entre os governos federal, estadual e municipal permite que os agricultores familiares tenham a garantia que a produção será toda vendida, conferindo segurança aos negócios, assegurando emprego e renda no campo e aquecendo a economia regional, sendo desnecessária a figura dos atravessadores. Para isso, são essenciais os produtos como o carro para o transporte, balanças e freezers para conservação de gêneros alimentícios de diversas matrizes.

O PAA-Compra Direta é uma iniciativa de segurança alimentar do Ministério do Desenvolvimento Social, executado no Rio Grande do Norte pela Emater em parcerias com as prefeituras. Até julho de 2016, já foram investidos cerca de R$ 3,5 milhões no programa e 10 toneladas de produtos alimentícios já foram adquiridos. Este contrato contempla 161 municípios, tem valor total de R$ 9 milhões, dos quais R$ 5 milhões 884 mil já foram liberados pelo Ministério do Desenvolvimento Social, e R$ 50 mil, pelo Governo do Estado.

Também no evento de abertura da 19ª Exponovos, o governador entregou 68 certificados aos agentes de leitura do Programa de Bibliotecas Rurais Arca das Letras, profissionais que passaram por capacitação para aplicar o projeto da melhor maneira nas comunidades rurais.
  
Com a entrega, os agentes estão aptos a gerenciar 34 bibliotecas rurais divididas por 16 municípios potiguares: Caicó, Acari, Jardim de Piranhas, Cerro Corá, Florânia, Lagoa Nova, Carnaúba dos Dantas, Jucurutu, Bodó, Currais Novos, Santana do Seridó, São João do Sabugi, Santana do Matos, Tenente Laurentino, Timbaúba dos Batistas e Jardim do Seridó.


Ainda no evento, o chefe do Executivo Estadual divulgou um dado comemorado pelos produtores rurais. Pela primeira vez na história do estado a vacinação contra febre aftosa atingiu número próximo de 95%. A cobertura, de acordo com o secretário de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca, Guilherme Saldanha, é explicada exclusivamente pelo trabalho de campo realizado pelos técnicos do Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do RN (Idiarn) na sensibilização do produtores rurais.

O secretário destacou a importância de se manter a vacinação nos outros anos para que o RN possa sair da área livre de febre aftosa com vacinação para área livre. “Nós não podemos perder isso, mas é um trabalho que depende de todo o bloco da região Nordeste. Nós temos os melhores animais da raça sindi, guzerá e o pardo suíço de excelente qualidade genética e dependemos do trabalho de vacinação, conscientização, além das barreiras sanitárias funcionando, para mantermos a exportação, por exemplo, de frutas e outros produtos do RN”, declarou.

Outra novidade é que no próximo dia 22 de julho, será lançada na estação experimental da Emparn Terras Secas, no município de Pedro Avelino, a entrega de 400 títulos de terras que estavam represados em alguns casos, há décadas, e os lançamentos do programa de distribuição de raquetes de palma para platio e de produção de feno a custo reduzido.

O governador fez um balanço das ações realizadas em Currais Novos e em outras cidades do Seridó. “O Programa de Aquisição de Alimentos e do Compra Direta são ações extremamente importantes. É um programa justo e solidário, que garante a renda dos produtores rurais e ajuda no sustento das famílias, ao mesmo tempo que o governo assegura a alimentação para hospitais e escolas públicas, instituições de caridades, entre outros”. afirmou.

Sobre as outras ações, o governador falou: “Nós temos muito o que comemorar com a vacinação contra a febre aftosa chegando a quase 95%. Isso demonstra a seriedade com que o trabalho da SAPE, por meio do Idiarn, foi feito. Em relação a Arca das Letras, a iniciativa da Seara é importantíssima porque não há caminho para o futuro que não passe pela educação. Esse programa é para as futuras gerações e estamos orgulhosos dos números”, encerrou.


Na agenda por Currais Novos, o governador Robinson Faria foi acompanhado pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Ezequiel Ferreira, do prefeito Vilton Cunha, de auxiliares de governo da administração direta e indireta.

CENTRO TECNOLÓGICO

Antes do evento de abertura da 19ª Exponovos, o governador visitou o Centro Tecnológico Mineral, que funcionará nas dependências do campus Currais Novos do IFRN.

O Investimento para construção e compra de equipamentos é de R$ 2 milhões, uma parceria entre o Governo, por meio da Fapern e da Financiadora de Estudos e Projetos - Finep e  possui 800 m², com laboratórios de preparação de amostras, caracterização tecnológica e de processamento mineral, salas de estudo e pesquisa e incubadoras de empresas.

O Centro vai impulsionar a economia do setor mineral, colaborando para o desenvolvimento de novas tecnologias e processamentos dessa matéria-prima encontrada no Seridó.  Com esse Centro, o Governo vai reunir instituições de ensino, empresas e sociedade para agregar valor a esse nicho econômico.

Pouco depois, Robinson Faria visitou o Centro Tecnológico do Queijo, que também funciona do Instituto Federal. O grupo de pesquisa desenvolve produtos lácteos que são usados no consumo da instituição para alimentação dos alunos e servidores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário