DELIM GÁS

DELIM GÁS

6 de fevereiro de 2017

Parcerias: prefeitos potiguares conhecem programas sociais do TJRN

Prefeitos de diversos municípios potiguares reuniram-se na manhã de hoje (6) para conhecer as ações do Núcleo de Ações e Programas Socioambientais (Naps) do Tribunal de Justiça do RN, que desde o ano de 2007 desenvolve programas como o “Justiça na Praça”, “Justiça e Escola” e a Comissão Permanente de Gestão Ambiental. Os projetos foram apresentados aos gestores no auditório da Escola da Magistratura do RN, em Natal.

“Somos um Tribunal considerado de pequeno porte, mas que é bem reconhecido no país pelas ações sociais que desenvolve, na meta de aproximar o Judiciário da sociedade”, enfatiza a desembargadora Maria Zeneide Bezerra, coordenadora geral do Naps.

Dentre os que compareceram a apresentação estiveram os gestores de cidades como Touros, Luís Gomes, Acari, Umarizal, Macaíba, Parnamirim e São Gonçalo do Amarante. Os prefeitos conheceram os investimentos e a metodologia desenvolvidas no próprio ambiente escolar e nas praças comunitárias, que visam promover, como o Justiça e Escola, por exemplo, uma consciência cidadã não apenas entre alunos e professores, mas em toda a comunidade.

“O Justiça e Escola já atendeu 28 municípios, capacitou 6 mil educadores e conscientizou mais de 500 mil estudantes”, explicou Paulo Sérgio, um dos coordenadores administrativos do Naps, durante a palestra, ao ressaltar que o programa utiliza a metodologia “O Caráter Conta”, que busca trabalhar a formação ética de crianças e adolescentes nas escolas através de seis pilares fundamentais: cidadania, responsabilidade, respeito, sinceridade, senso de justiça e zelo.

A palestra também apresentou as ações do Justiça na Praça, programa que com a ação de diversos parceiros já beneficiou mais de 900 mil pessoas, desde 2007, em vários municípios do Estado, com atividades que vão desde a emissão de documentos, passando pela realização de audiências de conciliação, atendimentos de saúde, até a efetivação de casamentos civis comunitários.

“Quando fui um dos secretários na Prefeitura, pude observar que o Justiça na Praça impactou a cidade e, agora, queremos que retorne ao município”, antecipou o prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulo Emídio, que manifestou, ao lado de outros gestores, o interesse em renovar a parceria com o TJRN.

Os prefeitos interessados em receber os projetos deverão enviar ofício ao TJRN, que será repassado ao Naps para que o termo de cooperação seja formalizado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário