DELIM GÁS

DELIM GÁS

25 de maio de 2017

OPINIÃO: O problema não é do hacker, mas sim do programa contratado pela prefeitura que é limitado


Vi nas redes sociais que a Prefeitura de Carnaúba dos Dantas foi alvo de ataques cibernéticos que comprometeram setores da contabilidade, pessoal e da licitação da prefeitura.
Não dei muita atenção à notícia porque nem a prefeitura deu. O site da prefeitura não tocou no assunto.
Alias, o portal da transparência da prefeitura em nenhum momento saiu do ar, o cidadão continuou buscando informações das licitações, da folha de pagamento normalmente.
Como disse um ex-presidente deve ter sido uma marolinha de ataque.
Ataque de hacker paralisa tudo, a página sai do ar e nem um programa atingido funciona, algo que não aconteceu na prefeitura de forma generalizada, disse um especialista consultado pelo blog.
O que ninguém quer admitir é a péssima qualidade do programa que administra a folha de pagamento, arrecadação e portal, que o atual prefeito adquiriu (não sei quem teve essa infeliz ideia) que desde janeiro só dá problemas.
Por parte dos servidores municipais há muitas reclamações.
O portal da transparência da gestão passada era bem melhor apesar dos seus limites. Esse atual apagou ou não aproveitou as informações existentes no portal anterior, o que é um crime.
Para ter acesso às informações mais simples eu precisei estudar muito vez que o atual sistema é de difícil manipulação.
Isso vai de encontro com o que disciplina a Lei Federal nº 12.527, de 18 de novembro 2011, que assim diz em seu Art. 8º, 3º, Inciso I: (conter ferramenta de pesquisa de conteúdo que permita o acesso à informação de forma objetiva, transparente, clara e em linguagem de fácil compreensão).
A atual gestão não vem respeitando a lei de acesso à informação.
O fato de não preservar as informações da gestão passada já é um forte indício para isso.
Veja os portais da transparência das cidades vizinhas que o cidadão carnaubense vai perceber o que falo.
Em Jardim do Seridó por exemplo, o prefeito Amazan (PSD) preservou as informações do portal da transparência do ex-prefeito Padre Jocimar Dantas (PMDB). Veja AQUI.
Da mesma forma, o prefeito Sally de Cruzeta (PSB) preservou todas as informações do ex-prefeito Nena Dantas (PMDB). Veja AQUI.
Assim posso falar também do portal da transparência de Parelhas, cujo prefeito atual Alexandre Petronilo (PMDB) preservou todas as informações do ex-prefeito Francisco Medeiros (PT). Veja AQUI.
Em Santana do Seridó, as informações do ex-prefeito Adriano Gomes (PMDB) foram preservadas pela atual gestão de Hudson Pereira (PSD). Veja AQUI.
Em Acari, da mesma forma, o prefeito de lá, Isaías Cabral (PMDB) também vem preservando as informações de anos anteriores, como de direito deve ser. Veja AQUI.

E por aí vai...
Mas em Carnaúba dos Dantas não. Gilson Dantas assumiu, contratou uma empresa do Paraná que não aproveitou nenhuma informação da gestão passada.
É como se o diretor de uma biblioteca que assumiu as suas funções agora em maio resolvesse queimar todos os livros existentes anteriores a sua posse. O passado foi riscado do mapa.
Resumindo, a qualidade do portal da transparência da prefeitura de Carnaúba dos Dantas é muito ruim e o gestor deve agir rápido, antes que coisa mais grave aconteça.
Graças a Deus fiz backup de todas as licitações, exonerações, folha de pagamento, nomeações que publiquei no meu blog. Estão todas guardadas nas “nuvens” da minha conta do hotmail.
Todas as publicações dos diários oficiais que a prefeitura publica também estão devidamente arquivadas para consulta futura, se for necessária.

De fato, ataques cibernéticos foram identificados na Rússia, Coréia do Norte, Europa, na África, nos Estados Unidos. Entrou também no Brasil e paralisou muitos sistemas de informática. Não creio que o ataque feito contra a prefeitura é o mesmo daquele do resto do mundo, não tira nem fino.

Pelo que tenho visto, o problema do ataque cibernético da prefeitura carnaubense foi simples, até porque sequer o site oficial saiu do ar ou apareceu quaisquer anormalidade, e olha que eu o acesso todos os dias.

Acho que o prefeito resolveria esse problema trocando esse programa que contratou por R$ 53.250,00 (Cinquenta e Três Mil, Duzentos e Cinquenta Reais).

Todos nós sabemos que o prefeito é bem intencionado e sabe mais do que ninguém que esse programa não vem atendendo as necessidades da prefeitura, isso porque ainda não instalou todas as suas funcionalidades (e quando isso acontecer meu Deus!) e, pior, não preservou todas as informações acumuladas desde a gestão anterior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário