DELIM GÁS

DELIM GÁS

6 de julho de 2017

Municípios têm até o dia 31 de julho para cadastrarem no PNME equipes das escolas contempladas

Os Municípios que tiverem escolas contempladas com os recursos do Programa Novo Mais Educação (PNME) devem ficar atentos. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta que o prazo para cadastramento de mediadores, facilitadores, estudantes e turmas no sistema de monitoramento e acompanhamento do programa termina no dia 31 de julho.

A data limite já foi prorrogada pelo Ministério da Educação (MEC) em razão da grande demanda de dados a serem inseridos no sistema. O acesso ao sistema deve ser feito por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) interativo, por meio da aba “Novo Mais Educação”.  De acordo com o MEC, o não preenchimento dos dados pela escola participante do programa até o prazo pode impactar no recebimento da 2ª parcela do recurso do programa.

A CNM destaca que o acesso ao sistema deve ser feito por meio do PDDE Interativo. Na aba "Novo Mais Educação", o usuário deve clicar em “Principal” para visualizar o sistema de monitoramento. Ao clicar nessa aba, será redirecionado ao portal criado pelo Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (Caed), da Universidade Federal de Juiz de Fora. Se não ocorrer o redirecionamento, é preciso desbloquear os pop-ups na barra de endereços (no canto superior direito do portal).


Outras orientações

Já a segunda orientação do monitoramento do PNME trata da observação e da influência de ações em relação à aprendizagem de estudantes. As escolas contempladas com recursos do programa terão que aplicar avaliações e registrar os resultados no sistema de monitoramento e acompanhamento.

A CNM reforça que o prazo para esse processo também foi prorrogado para 31 de julho. No próprio sistema de monitoramento, na aba “Avaliação”, o usuário encontra as instruções sobre como as avaliações deverão ser aplicadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário